Targo
Targo

A Targo Consultoria foi fundada em maio de 1999, pelo administrador Carlos Eduardo Oshiro, para atender, inicialmente, o setor de marketing da cervejaria Ambev, o qual havia trabalhado por anos.

Siga-nos
Contato: (92) 3584-4659
Endereço: Rua Pará, 600 (altos) – Vieiralves - Manaus/AM
E-mail: targo@targo.com.br
Siga-nos:
Top
Mau comportamento no trabalho: entenda como ele pode afetar você
6819
post-template-default,single,single-post,postid-6819,single-format-standard,mkd-core-1.0,highrise-ver-1.1.1,,mkd-smooth-page-transitions,mkd-ajax,mkd-grid-1300,mkd-blog-installed,mkd-header-standard,mkd-sticky-header-on-scroll-up,mkd-default-mobile-header,mkd-sticky-up-mobile-header,mkd-dropdown-slide-from-bottom,mkd-dark-header,mkd-full-width-wide-menu,mkd-header-standard-in-grid-shadow-disable,mkd-search-dropdown,mkd-side-menu-slide-from-right,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive

Blog

Mau comportamento no trabalho: entenda como ele pode afetar você

Todo profissional que ama o que faz deseja ser reconhecido pelo desempenho no trabalho e assim crescer na carreira. Para isso, além de muito esforço e dedicação, é fundamental ter uma boa relação com os colegas e uma postura adequada. Infelizmente, não são todos que sabem o que pode, o que não pode, o que deve e o que não deve ser feito, e acaba tendo um mau comportamento no trabalho.

As consequências disso, na maioria das vezes, são o desempenho ruim da empresa e a demissão do funcionário. Nesta matéria, você vai ver os exemplos de um mau comportamento no ambiente de trabalho e como eles podem prejudicar você e a sua carreira. Confira!

Falar mal da empresa em que trabalha

Essa atitude revela insatisfação profissional, pode prejudicar a organização em que você mesmo trabalha e ainda desmotivar os outros colegas. Além de indiscreto, falar mal da empresa de forma que prejudique a imagem dela, pode se agravar quando chegar ao ouvido de terceiros ou da chefia.

No caso de haver da sua parte uma crítica ou insatisfação, o mais indicado é tomar uma posição de forma estruturada e recorrer ao canal correto, ou seja, o seu gestor imediato.

Agir e falar de forma grosseira

É fato que os estresses são considerados muitas vezes rotina nas empresas. De uma forma ou de outra, fatores como esses afetam a paciência e o equilíbrio diante de alguma situação. Falar alto e usar palavrões para descarregar os aborrecimentos devem ser evitados, seja quais forem as circunstâncias.

Além de deselegante, isso pode prejudicar o foco e atenção dos colegas que estão por perto. A grosseria não condiz com uma postura profissional adequada.  


Não deixe de conferir também:

Coaching: saiba como ele pode ajudar no seu negócio

Liderança: dicas incríveis para comandar uma equipe


Fofocas e conversas a respeito dos colegas

Seja qual for o ambiente, ninguém tolera ter seu nome envolvido em fofocas e conversinhas. Dentro da empresa, então, nem se fala. Considerada uma das piores atitudes no meio corporativo, reclamar e falar mal de terceiros atrapalha o serviço dos colegas, além de expor tanto quem é vítima quanto quem provoca a fofoca. Pessoas com essa atitude podem facilmente ser vista como alguém nada confiável.

Falta de pontualidade (atrasos constantes)

Pessoas que, de um jeito ou de outro, sempre têm uma desculpa para justificar o atraso, além de diminuir o seu tempo de produção, ainda podem receber advertências. É claro que contratempos acontecem, mas atrasos frequentes comprometem as atividades e, na pior das hipóteses, podem ser usadas como justificativa para demitir funcionários.

Críticas e advertências em público

Nunca se deve dar feedbacks negativos a um profissional em público. Atitudes como essas podem desestimulá-lo e constrangê-lo, além de causar consequências muito negativas para a vida pessoal do indivíduo. Este tipo de comportamento é antipático e inapropriado para qualquer organização.

Diante de uma crítica ou advertência, o ideal é chamar o funcionário para uma conversa reservada para evitar a exposição desnecessária dele. Do contrário, você, mesmo sendo o chefe, pode ter sua imagem manchada .

Mau comportamento no trabalho e suas consequências

A falta de disciplina nos ambientes corporativos podem ser diversas. Dependendo da situação, podem causar impactos na produtividade, prejudicar a imagem da empresa, ferir a honra dos colegas, entre outros. O que pode acontecer com um funcionário que não possui uma conduta adequada no trabalho, além das advertências, é a demissão.

E para quem deseja seguir carreira e ser reconhecido pelo trabalho que desempenha, a orientação é ser disciplinado, pontual, tratar os colegas de forma educada, saber comportar-se diante das situações do dia a dia e dar o melhor de si para a empresa.

É essencial, ao perceber que existem falhas no comportamento dos funcionários, buscar uma solução. Treinamentos de equipe e cursos de capacitação e comportamento são os mais indicados. Nós, da Targo Consultoria, temos uma matéria que pode ser útil. Clique no link e leia também: Coaching: saiba como ele pode ajudar no seu negócio.