Targo
Targo

A Targo Consultoria foi fundada em maio de 1999, pelo administrador Carlos Eduardo Oshiro, para atender, inicialmente, o setor de marketing da cervejaria Ambev, o qual havia trabalhado por anos.

Siga-nos
Contato: (92) 3584-4659
Endereço: Rua Pará, 600 (altos) – Vieiralves - Manaus/AM
E-mail: targo@targo.com.br
Siga-nos:
Top
Como estreitar o relacionamento com o cliente na pandemia? – Targo
7170
post-template-default,single,single-post,postid-7170,single-format-standard,mkd-core-1.0,highrise-ver-1.1.1,,mkd-smooth-page-transitions,mkd-ajax,mkd-grid-1300,mkd-blog-installed,mkd-header-standard,mkd-sticky-header-on-scroll-up,mkd-default-mobile-header,mkd-sticky-up-mobile-header,mkd-dropdown-slide-from-bottom,mkd-dark-header,mkd-full-width-wide-menu,mkd-header-standard-in-grid-shadow-disable,mkd-search-dropdown,mkd-side-menu-slide-from-right,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive

Blog

Como estreitar o relacionamento com o cliente na pandemia?

Você já se perguntou como estreitar o relacionamento com os clientes? Temos certeza que sim. Essa é uma busca constante dos empreendedores entusiasmados em encantar seus públicos. Mas como fazer isso em meio à pandemia?

Sabemos que o atual cenário não parece favorável para isso. Mas existe uma expectativa de mudanças nas formas de consumir e isso influencia a escolha dos clientes sobre produtos e serviços. 

Naturalmente, a situação reforça a necessidade de investir em meios de estreitar o relacionamento da sua empresa com os clientes. Continue a leitura e descubra como!

Como estreitar o relacionamento com os clientes na pandemia? 

1. Estabeleça uma comunicação com os seus clientes

Reúna representantes de cada setor da sua empresa: membro de vendas, suporte ao cliente, marketing e relações públicas, jurídico e contábil. A reunião deve funcionar com objetivo de ouvir opiniões e receber ideias, para então criar uma estratégia de comunicação com os clientes. 

É preciso que a sua equipe amplie a visão acerca de quem a sua empresa atende. Se ela costumava se relacionar com os clientes presencialmente, agora o atendimento deve contemplar quem está nos canais digitais

E aí entram as estratégias de comunicação online, seja pelas redes sociais, e-commerce, aplicativos de mensagem, etc. 

A mensagem geral por trás desses canais deve ser a de apoio mútuo, em que a empresa se mostra preocupada com as reais necessidade do cliente no período de pandemia. 

2. Reforce a sua equipe de suporte

Sabemos que a comunicação na era digital não deve ser de mão única. Existe a necessidade de se estabelecer um diálogo, onde o cliente se sente à vontade para elogiar, criticar, sugerir e até mesmo exigir melhorias. 

Uma vez estabelecido um canal de comunicação na internet, é necessário haver a resposta da empresa sobre as questões pontuadas acima. 

Considere importante criar um e-mail específico para concentrar as principais dúvidas e reclamações geradas por conta da crise. Garanta que o seu suporte esteja atento ao monitoramento e respondendo rapidamente.  

Caso haja necessidade, classifique os problema em uma escala de urgência. Coloque como prioridade os clientes mais afetados. Problemas menores podem ser colocados para depois, mas NUNCA sem resposta. É importante que o cliente saiba que pode contar com você.

Não deixe de conferir:

– Comunicação interna e externa: como usá-las a favor da sua empresa?

– Cliente oculto: como ele pode melhorar o seu atendimento?

3. Mantenha um diálogo com o público

Sua empresa já divulga nas redes sociais e propõe um suporte eficiente para o atendimento aos clientes? Bom, mas isso não basta! Em época de pandemia, o público como um todo pode estar ocioso, sem nenhuma atividade que preencha o vazio da quarentena.

Os canais digitais, como já dissemos, têm o objetivo de gerar aproximação com os clientes e potenciais clientes. E isso se faz com conteúdos atrativos, interativos, que conversem com as dores dos clientes e não sejam apenas venda de produtos. 

Use as ferramentas de interação das redes sociais para propor uma aproximação do relacionamento com o seu público. As opções são diversas em cada rede e a sua equipe de comunicação precisa dominá-las e usá-las a seu favor.

4. Faça o follow-up

O mundo globalizado está cheio de termos não tão habituais no nosso dia a dia. O follow-up, por exemplo, se trata um acompanhamento aos clientes após o primeiro contato. Esse cuidado mostra que você se importa com a experiência do cliente e constrói uma relação de confiança com ele.

Ao manter esse acompanhamento, você consegue estudar o comportamento do seu público, além de entender os gostos, preferências e exigências dele.

Outro ponto positivo é que o follow-up ajudará você na avaliação dos impactos gerados pela crise, pensando em formas de melhorar sua atuação

5. Faça uma reunião e estabeleça novas metas

Periodicamente, faça uma avaliação das suas estratégias de comunicação. Pode não parecer, mas a pandemia terá um fim e você precisa sair dela com boas lições aprendidas. A partir da análise feita, trabalhe novas ações, agora de forma mais assertiva. 

Trace estratégias de curto e médio prazos para melhorar um produto ou serviço da sua empresa. Com essas experiências, a sua empresa terá amadurecido e seguirá mais forte para os novos desafios do mercado. 

Conte também com o investimento na capacitação das suas equipes, principalmente no que diz respeito ao atendimento. O aprimoramento dessa habilidade é um processo necessário para qualquer empresa no mundo moderno. 

Não sabe por onde começar? Clique aqui e aprenda sobre atendimento 2.0 e como estreitar o relacionamento com seu cliente ainda mais!