You are currently viewing Ansiedade x Home Office: Como Manter a Saúde Mental?

Ansiedade x Home Office: Como Manter a Saúde Mental?

Na pandemia, muitos de nós passamos a trabalhar no home office e, com isso, veio a ansiedade e a nossa saúde mental fragilizada.

Portanto, nesse momento, devemos nos esforçar para manter a nossa saúde mental e não nos deixar cair na depressão e na ansiedade.

Afinal, são tempos complicados e o home office pode ser desafiador para muitas pessoas que não estão acostumadas com esse modelo de trabalho.

Então, continue lendo o artigo para algumas dicas de como manter a sua saúde mental em home office.

Como a saúde mental do profissional é afetada?

Com muitas pessoas passando a trabalhar de home office, também estamos vendo muitos casos de pessoas que não estão sabendo lidar bem com a rotina to teletrabalho.

Estudos foram feitos depois de alguns meses de pandemia e neles mais de 60% dos entrevistados se sentem mais ansiosos ou depressivos depois que começaram a trabalhar em home office.

Mas, porque isso acontece? Bom, primeiro devido a mudança na maneira de trabalhar, que pode não ser boa para todo mundo.

 Pois, tínhamos uma rotina e essa rotina foi quebrada. Então, o primeiro impacto foi o da mudança na rotina.

Ainda, muitas pessoas gostaram no início, por sentirem que é mais prático trabalhar em casa, mas acabaram não gostando com o tempo.

E isso pode acontecer por vários motivos. Um deles é porque em casa você tem que lidar também com a sua família, e é muita coisa acontecendo ao mesmo tempo.

Sendo assim, pode ser mais difícil se concentrar e isso pode gerar mais estresse e você tendo que fazer mais coisas ao mesmo tempo.

Mas, além disso, há uma certa sensação de solidão ao se trabalhar em casa, pois você não socializa mais com outras pessoas.

Essa solidão pode afetar muito a nossa saúde mental. Ainda, muitas pessoas estão com a sensação de estarem trabalhando mais.

A verdade é que ao trabalhar em casa, você deve ter disciplina e se organizar, e muitas pessoas colocam uma pressão maior para mostrar produtividade.

Também, há a sensação de que você está sempre trabalhando, pois não há uma divisão muito visível entre trabalho e descanso, uma vez que você já está em casa.

Portanto, todos esses fatores, somados com a pandemia, podem mexer muito com a ansiedade do profissional e com a sua saúde mental.

Como controlar a ansiedade no Home Office?

Portanto, para evitar o desgaste mental e emocional que o home office pode gerar e controlar a sua ansiedade, existem algumas coisas que você pode fazer.

Com um pouco de organização e disciplina, você consegue controlar a sua rotina e cuidar da sua saúde mental.

1. Respeite o seu horário de trabalho

A primeira coisa a fazer quando se trabalha em home office para controlar a ansiedade é trabalhar apenas no horário estabelecido para você trabalhar.

Pois, algumas pessoas, por já estarem trabalhando em casa, acabam trabalhando mais, para serem mais produtivos.

Mas, não faça isso, ou pelo menos, não sempre. Respeite o seu tempo e o seu espaço também. Pois, trabalhar em excesso pode levar você a um desgaste excessivo com o tempo.

2. Escolha um local calmo para trabalhar 

É muito importante você definir um lugar específico na sua casa para ser o seu escritório e para você trabalhar.

Pois, é muito importante para você conseguir diferenciar quando está trabalhando e quando está em casa em um momento de lazer.

Além disso, isso ajuda muito na produtividade, separando locais de relaxamento de locais de trabalho.

Portanto, evite ao máximo trabalhar no sofá ou na cama, por exemplo, isso pode prejudicar a sua produtividade e acabar lhe deixando ansioso.

3. Tire um tempo para você

Nesses tempos é muito importante que você dedique tempo no dia para você. Ou seja, para fazer algo que lhe faça bem e te deixe relaxada.

Por exemplo, leia um livro, veja um filme, ou faça qualquer atividade que lhe dê prazer e tire a sua mente do trabalho. Viajar por alguns dias, como um fim de semana emendado em um feriado, é sempre uma boa ideia. Mas planeje-se! Veja onde pode se hospedar, e procura ótimos destinos, como países onde o real vale mais!

4. Assim como no trabalho, faça umas pausas para um café

Se no trabalho você parava uma hora ou outra para tomar um café, e socializar com alguém, mesmo que por 10 minutos, porque não fazer o mesmo em casa?

Portanto, se você se sentir esgotado, tudo bem tomar um café e dar uma pausa. A única dica é você marcar bem o tempo para não exagerar na pausa.

Além disso, aproveite para, nesse tempo, movimentar um pouco o seu corpo, se alongar e se esticar.

Pois, ficar muito tempo parado pode ajudar a aumentar a ansiedade, e se movimentar um pouco pode ser relaxante.

5. Faça atividades físicas

Fazer atividade física é sempre recomendado para uma boa saúde mental, pois, movimentar o corpo libera o hormônio da felicidade.

Além disso, para pessoas ansiosas, realizar uma atividade física é gastar aquela energia que está acumulada e está lhe atrapalhando.

Portanto, faça qualquer atividade física, o importante é movimentar o corpo. Além disso, yoga e meditação podem ser boas atividades para você relaxar.

6. Procure socializar com as pessoas do trabalho

Por mais que você não vá ao trabalho, não quer dizer que você precisa se excluir completamente.

Portanto, mesmo que não dê, porque estamos em pandemia, fazer chamada de vídeo de tempos em tempos pode lhe ajudar a não se sentir tão solitária.

E acredite, é bom conversar com pessoas que estão passando pela mesma situação que você.

Pois, elas entendem e pode ser uma oportunidade de compartilhar os perrengues do home office e rir um pouco disso tudo.

Conclusão

Portanto, manter a sua saúde mental e controlar a sua ansiedade no home office pode ser um desafio, mas é possível.

Para isso, é preciso muita disciplina e organização. Pois, é preciso ter bem esclarecido na sua rotina o que é trabalho e o que não é.

Afinal, existe um momento de trabalho e um momento de prazer, e é preciso saber distinguir os dois.

Então, se esse artigo lhe ajudou, compartilhe com seus colegas de trabalho!

 

Este post tem 2 comentários

Deixe um comentário