You are currently viewing Qual tipo de líder você é? Descubra com a metodologia DISC!

Qual tipo de líder você é? Descubra com a metodologia DISC!

O método DISC avalia o perfil comportamental de cada pessoa para determinar seus principais traços de personalidade e tipo de líder que são. De acordo com a metodologia, quatro traços de comportamento predominam entre as pessoas.

A teoria foi desenvolvida a partir da pesquisa de William Moulton Marston, psicólogo norte-americano que buscou entender como o ambiente afeta a percepção das pessoas.

Continue lendo este conteúdo para entender mais sobre os quatro tipos e qual deles é considerado o melhor!

 

Qual o melhor perfil do DISC para liderança?

Um dos fatores que mais impacta na eficácia e no desempenho de um grupo é o estilo de liderança de cada indivíduo. Para obter melhores resultados, é fundamental analisar o perfil comportamental de cada líder e entender o estilo de liderança que cada um desenvolve.

Encontrar o perfil de liderança adequado é crucial para o sucesso de uma organização. Para atingir as metas determinadas, os líderes devem ter o conhecimento e a capacidade de gerenciar e motivar os outros. 

Vale ter em mente como cada perfil se encaixa na cultura da empresa. Cada pessoa é diferente, assim como as culturas corporativas. Em outras palavras, um perfil que pode ser bom para liderar uma equipe dentro de uma organização específica pode não se encaixar em outra.

Sendo assim, o certo seria perguntar “qual o melhor perfil DISC para tal cargo?“, ao invés de “qual o melhor perfil DISC?”.

 

Quais são os 4 tipos de líder?

O perfil de líder segundo a metodologia DISC é dividido em 4 estilos comportamentais: determinado, influenciado, criativo e estávelO DISC pode ajudar os líderes a selecionar e treinar funcionários para atuarem na sua equipe. O perfil DISC é composto pelos quatro estilos de comportamento:

  • Determinado (D);
  • Influenciador (I);
  • Criativo(C);
  • Estável (S).

Veja um pouco mais sobre cada um logo abaixo!

1. Determinado (D)

Pessoas com o perfil D são diretas, objetivas e focadas em resultados. Elas normalmente atuam bem sob pressão e são ótimas para solucionar problemas.

Eles querem posições que lhes dêem autoridade sobre outras pessoas, especialmente no local de trabalho. Eles têm a capacidade de lidar com obstáculos e raramente recuam diante de desafios como resultado de seu estilo mais competitivo e ambicioso.

2. Influenciador (I)

Já as pessoas com o tipo de personalidade I são sociáveis, extrovertidas e gostam de se destacar. Elas tendem a inspirar as outras pessoas e normalmente as influenciam a adotarem suas ideias.

Pessoas amigáveis, sociáveis, comunicativas, extrovertidas e dinâmicas estão associadas a altos níveis de influência. Eles são fáceis de confiar por causa de sua natureza otimista e empregam persuasão e motivação em um esforço para encontrar resultados instantâneos que dão satisfação às pessoas.

3. Criativo (C)

Aqueles com o perfil C são criativos, intuitivos e gostam de testar novas ideias. Eles são ótimos em achar soluções originais para problemas.

Pessoas que gostam de lógica, procedimentos, formalidade e regras tendem a ter alta criatividade. Eles valorizam a qualidade sobre a agilidade e são meticulosos, calculistas e reservados.

Eles são atraídos para atividades mais técnicas que aprimoram suas habilidades críticas e analíticas e buscam resultados de longo prazo com maior qualidade.

4. Estável (S)

Por fim, as pessoas com o perfil S são práticas, sensíveis e detalhistas. Elas adoram trabalhar em ambientes agradáveis e normalmente são muito bons em cumprir deadlines.

Altos níveis de estabilidade podem ser encontrados em pessoas estáveis e ponderadas. São calmos, bons ouvintes, gentis, leais e organizados, além de serem persistentes e focados em expandir suas atividades. 

Na maioria dos casos adotam um papel pacificador em caso de desacordo, equilibrando assim o ambiente. As pessoas buscam resultados de longo prazo, confiáveis e duradouros.

 

Onde encaixar cada perfil de líder?

Um Perfil D pode ser muito benéfico em posições de liderança onde há maior necessidade de um pulso firme e orientação em direção a metas e resultados. No entanto, em uma posição mais analítica, sem dúvida teria mais problemas com a rotina.

Por outro lado, podemos conseguir que o Perfil C se saia bem em tarefas analíticas, mas com dificuldade em posições de liderança que exigem maior dominância.

Outro exemplo seria o Perfil I, que teria um desempenho excepcional nas relações interpessoais, mas teria grandes dificuldades em áreas onde é necessário apenas tarefas de rotina e administrativas sem interação com pessoas.

Por fim, um Perfil S pode se sair muito bem nas áreas de planejamento e processo, mas teria bastante dificuldade em áreas onde não há uma rotina pré-determinada e as mudanças acontecem com frequência.

Entender cada perfil de líder segundo a metodologia DISC te ajuda a melhor alocar profissionais em seus cargos assim como colabores que seguirão sua liderança

Como se pode aplicar a Metodologia DISC?

Com essa lista de qualidades, é provável que você já consiga identificar quais traços são mais prevalentes em seu próprio comportamento e no de outros colaboradores da sua empresa.

Assim, considerar como conhecer esses detalhes pode ser crucial para entender as pessoas com quem você trabalha, como elas operam e como você se relaciona com cada uma. Veja algumas aplicações práticas da metodologia DISC abaixo.

Desenvolvimento da liderança

Dado que o teste DISC recolhe dados sobre o estilo de liderança, este tópico pode ser acompanhado de perto em termos de desenvolvimento da liderança;

Feedback

Depois de conhecer o perfil de cada funcionário da empresa, é possível determinar a melhor forma de fornecer feedback, tanto positivo quanto negativo.

People Analytics

Uma das tendências mais populares em RH atualmente é o People Analytics, que é preciso para realizar análises de dados de indivíduos para tomar decisões e coletar indicadores mais reveladores. Com o DiSC, muitos princípios fundamentais para a gestão de pessoas podem ser mapeados.

Plano de Desenvolvimento Individual

Como a Metodologia DISC enfatiza as características de cada perfil, saber quais são os seus pontos fortes fornece clareza ao determinar em quais áreas de desenvolvimento vale a pena investir e quais não são adequadas em determinada situação.

Recrutamento e seleção

É possível que esse seja o uso mais frequente do DISC, pois serve para mapear perfis de candidatos para processos seletivos, o que ajuda a prever padrões de comportamento caracterizados por forte assertividade.

Treinamentos

A familiaridade com os tipos de personalidade DISC possibilita que uma sessão de treinamento sobre a capacidade comportamental. Pois é possível trabalhar para maximizar a capacidade de aprendizagem de cada tipo de personalidade, garantindo que o conteúdo seja absorvido de forma mais eficaz.

Por fim, o que você achou deste conteúdo? Foi útil para você? Ficou com alguma dúvida? Compartilhe com os seus amigos!

Deixe um comentário