Targo
Targo

A Targo Consultoria foi fundada em maio de 1999, pelo administrador Carlos Eduardo Oshiro, para atender, inicialmente, o setor de marketing da cervejaria Ambev, o qual havia trabalhado por anos.

Siga-nos
Contato: (92) 3584-4659
Endereço: Rua Pará, 600 (altos) – Vieiralves - Manaus/AM
E-mail: targo@targo.com.br
Siga-nos:
Top
Como empreender em tempos de crise: dicas e ideias para inovar! – Targo
7181
post-template-default,single,single-post,postid-7181,single-format-standard,mkd-core-1.0,highrise-ver-1.1.1,,mkd-smooth-page-transitions,mkd-ajax,mkd-grid-1300,mkd-blog-installed,mkd-header-standard,mkd-sticky-header-on-scroll-up,mkd-default-mobile-header,mkd-sticky-up-mobile-header,mkd-dropdown-slide-from-bottom,mkd-dark-header,mkd-full-width-wide-menu,mkd-header-standard-in-grid-shadow-disable,mkd-search-dropdown,mkd-side-menu-slide-from-right,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive

Blog

Como empreender em tempos de crise: dicas e ideias para inovar!

É inegável que as crises são momentos de difícil transição em vários âmbitos da vida – pessoal ou profissional. Em anos anteriores, era comum que houvesse projeções econômicas apontando uma possível recessão de mercado. No entanto, neste ano de 2020, com a pandemia causada pelo coronavírus, o mercado foi virado de cabeça para baixo numa rapidez inesperada e mais que nunca foi necessário aprender como empreender.

Milhares de postos de empregos foram perdidos e a rotina de trabalho precisou se adaptar à nova realidade: como o famoso home office, para as atividades que possibilitam essa flexibilidade, claro!

Nem sempre quando uma crise se instala, temos um plano guardado na manga pronto para entrar em ação. E nessas horas a criatividade é quem dita como empreender e conseguir uma renda, pois as contas nunca param de chegar.

E por falar em empreender, já parou para pensar que o seu hobby pode ser uma excelente maneira de ganhar dinheiro durante a crise? Aprenda neste artigo algumas dicas para inovar em tempos de crise e conseguir segurar as finanças da casa.

Você pode gostar também:

Dicas de negócio: quais os segmentos mais rentáveis?

Como a nova economia pode afetar a maneira de fazer negócios?

O mercado mudou?

O mercado é um organismo em constante movimento. Uma crise, independente da magnitude, sempre causa algum tipo de impacto.

E já que estamos falando do contexto vigente neste ano de 2020, a ameaça silenciosa do coronavírus fez com que boa parte da massa produtiva começasse a operar remotamente: o famoso home office.

Então, a resposta para a pergunta acima é positiva. O mercado mudou sim e isso fez com que o omnichannel, uma prática já instaurada, passasse a ser altamente recomendada e utilizada para atender à demanda pelo consumo, não deixando de movimentar a roda da economia. 

Mas você já ouviu falar em omnichannel?

Se você nunca ouviu falar disso e não sabe como empreender, saiba que essa estratégia é importantíssima para a manutenção dos negócios nos dias de hoje. 

Isso porque o omnichannel é uma estratégia de uso simultâneo e interligado de canais de comunicação distintos. Em palavras mais diretas, é a convergência do físico com o online, o que proporciona uma melhor experiência de compra aos consumidores.

Como o comportamento dos consumidores de hoje é híbrido – estão presentes e valorizam tanto o online quanto o offline – isso significa que as barreiras entre esses dois mundos estão cada vez menores.

Então o omnichannel é uma proposta promissora na tarefa de aprender como empreender. Precisamos deixar claro que o online e o offline vão se integrar, e não se anular

E como empreender nesse cenário?

A criação de novos produtos ou serviços focando em resolução de problemas deve ser a máxima de quem pensa em empreender. Existem várias maneiras de começar.

Uma delas é usar suas habilidades e conhecimentos técnicos a seu favor. A outra é explorar toda a sua capacidade criativa usando seu hobby para aumentar seus rendimentos. E ainda tem uma terceira forma: analisar a situação do mercado para encontrar oportunidades de atuação, onde seja necessário algum tipo de produto ou serviço.

Existem alguns passos importantes para entrar nesse mundo com o pé direito. Mesmo que você não planeje seguir adiante com o empreendimento, se estabelecendo no mercado a longo prazo, é fundamental seguir algumas diretrizes que vão ajudar a pisar em solo mais firme. 

Além disso, seu trabalho, mesmo que de forma autônoma, precisa oferecer e transparecer profissionalismo, seja nos produtos ou serviços. Então, antes de ler sobre as dicas de como empreender, leia rapidamente as orientações para começar do jeito certo.

Defina o nicho

Um nicho bem definido pode ser o fator determinante para aumentar sua margem de lucros. Olha as vantagens de uma empresa com o nicho de mercado bem definido:

  • Se destaca com mais facilidade;
  • Agrega mais valor aos produtos e serviços;
  • Atende a desejos e resolve problemas específicos;
  • Tem menor concorrência; e
  • Por ser autoridade no segmento, consegue os melhores contratos e fornecedores.

Entenda o mercado

Tire um tempo para analisar a área do seu interesse e escolha um modelo de negócio. 

Você pode sondar de maneira ampla ou direcionada, dependendo do nível de networking que você tenha.

Faça um planejamento

Pode soar burocrático e secundário. Mas acredite, boa parte do sucesso da sua operação vai depender disso. O planejamento requer um cronograma de atividades que você vai realizar e uma avaliação das finanças.

Considere a burocracia

É possível oferecer produtos e serviços como pessoa autônoma, mas pense na possibilidade de ter um CNPJ. Atualmente são três as opções:

  • MEI – microempreendedor individual;
  • Eireli – empresa individual; e
  • Sociedade Limitada.

Um assessor contábil vai indicar como empreender da maneira certa em termos jurídicos. A escolha de qualquer uma das modalidades mencionadas acima vai depender do seu ramo de atuação.

Que tal agora algumas ideias de setores para empreender?

As pesquisas no ramo de e-commerce apontam os setores que tiveram crescimento durante a pandemia. Confira abaixo:

  • Alimentos e bebidas;
  • Saúde e bem-estar;
  • Brinquedos;
  • Eletrônicos & manutenção de dispositivos;
  • Artigos para casa.

Dentro desses segmentos, veja agora algumas ideias de como empreender durante a crise:

Alimentação

É uma necessidade essencial e não é seriamente impactada pela crise. Tome sempre o devido cuidado ao manipular alimentos e siga as orientações de higiene e segurança.

  • quentinhas: fitness/vegetarianas/veganas
  • sobremesas;
  • brigadeiros;
  • brownies;
  • bolos;
  • kits para festa.

Para quem quer investir no ramo da alimentação, os food trucks podem ser uma boa alternativa por serem práticos e mais econômicos.

Beleza e bem-estar

O setor de beleza não costuma sofrer grandes impactos porque os produtos não deixam de ser consumidos.

Engana-se quem pensa que apenas as mulheres são as responsáveis por esse segmento. Mesmo dominando boa porcentagem do consumo total, os homens também figuram dentre os consumidores dessa área.

Algumas ideias de produtos e serviços são:

  • perfumaria;
  • higiene;
  • beleza;
  • skincare.

Vendas online de produtos ou serviços

Podem abarcar os itens citados acima e têm a vantagem de serem opções viáveis sem arcar com custos extras de aluguel, luz e água.

Ofereça variedade em formas de pagamento e aposte em um excelente serviço de entrega

Ao vender pela internet, você ainda pode expandir seu raio de atuação e enviar para diferentes localidades, atendendo outras regiões do país.

Viu como empreender pode ser uma opção para a sua situação?

Ter seu próprio negócio ou aproveitar suas habilidades extra-profissionais para aumentar seus rendimentos durante a crise agora ficou mais fácil depois de ler este artigo, não é?

Escolha um ramo que tenha mais afinidade e parta para a ação. Pesquise, planeje e invista no que seus clientes procuram e desejam. Esse é o segredo para que a crise seja uma oportunidade de alavancar ganhos.

Que tal agora conferir o material que preparamos sobre empreendedorismo? Para acessar gratuitamente é só clicar no banner abaixo.

banner-empreendedorismo